Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

SETE PERIGOS PARA VIRTUDE HUMANA

Imagem
Olhem esses sete perigos para virtude humana:
 1- Riqueza sem trabalho- riqueza sem esforço, sem trabalho, geralmente tem falcatrua, corrupção, dinheiro fácil, tem rolo aí, e da mesma forma que o dinheiro vai fácil, ele acaba rápido ou bem aproveitado.
2- Prazer sem consciência- Um prazer sem consciência é um prazer momentâneo, que visa só o seu bel prazer, não se preocupa com a satisfação do outro. É unilateral.
3- Conhecimento sem caráter, é um conhecimento arrogante, um tipo de conhecimento não pelo prazer do conhecimento, mas se torna uma relação de poder e dominação do outro, num sentindo de se sentir superior ao outro.
4- Negócio sem ética- Um negócio que visa somente a lucratividade, a exploração do trabalhador, negócio que passa por cima de questões ambientais e sociais.
5- Ciência sem humanidade, quantos inventos, idéias, conhecimento científico foi usada para a destruição do ser humano, opressão, lembrem-se das crianças mudas telepáticas, lembrem-se do holocausto, do invento…

Pra que complicar!!!!

Imagem

Sobre a paixão

Imagem
Um dia você se pergunta pelo o que me apaixono? Me apaixono por olhares, aqueles profundos, intensos, que encaram no fundo da alma, aqueles que sem nenhuma palavra revelam muito, me apaixono pela alegria, por sorrisos, aqueles espontâneos, me apaixono pela conversa, aquela de horas a fio, pelas palavras, pela atenção no interlocutor das palavras, me apaixono pela poesia, dizem que as pessoas mais especiais de nossas vidas são aquelas que conversamos horas a fio,  me apaixono pelo toque aquele ténue que tira o cabelo do rosto, que afaga, me apaixono pelo aconchego de um abraço, aquele apertado o da saudade, me apaixono pela sinceridade, mesmo aquela que doí,  me apaixono pela companhia, aquela de ficar só do lado vendo um filme no frio do inverno, ou aquela do verão ao ver o cair da tarde, me apaixono pela música, aquela que ouvimos juntos, e que mesmo na distância faz lembrar um momento especial, me apaixono por lírios esses são duradouros, me apaixono pela ideia de estar simplesme…

Sou aquilo que sinto!

Imagem

Cafuné

Imagem

Passos

Imagem

Não sou freira nem sou puta sou mulher!

Imagem
Não sou freira, nem sou puta, sou mulher, tenho intuição, mas tenho força de leoa, tenho a delicadeza de um pássaro, ressurjo como fênix das cinzas, me recrio a cada momento, tenho a inteligência de todo ser humano, luto pela igualdade, mas ás vezes, sofro com as assimetrias, tenho independência profissional, mas às vezes ainda me envolvo nas relações patriarcais de poder, são muitas as lutas ainda, nosso dia hoje, porque muitas lutaram para conquistar nossos direitos, é só para lembrar a você mulher que você precisa continuar nessa luta, que não podemos nos acomodar, ainda há muitos desafios a serem superados.  Juliana de Freitas

Dúvida

Imagem
UM DIA VOCÊ SE PERGUNTA: SERÁ QUE VOCÊ SERÁ ESPECIAL NA VIDA DE ALGUÉM!
Imagem
Meus heróis morreram de overdose ..

Ou de amor...
Ou da falta dele...
Ou será solidão...





Imagem
Sobre a Loucura 
 Começarei com aquela velha música:


 "Dizem Que Sou Louco..." "...Por eu ser assim. Se eu sou muito louco. Por eu ser feliz. Mais louco é quem me diz. E não é feliz... Eu sou feliz!"... Ou aquelametade;que a minha loucura seja perdoada, porque metade de mim é amor e a outra metade também."  A loucura é relativa, diria Einstein, será loucura simplesmente saltar de paraquedas? ou será loucura simplesmente não arriscar? Mas, que  retornemos a velha música, se essa loucura me deixa feliz e não prejudica os outros. Porque não! 


Como dizia Raul, prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo! Sobre o amor, sobre o que eu nem sei que sou!
Imagem
Impressões!

     Disse que não imprimiria minhas impressões pessoais nesse blog, mas quem consegue separar o escritor de suas impressões pessoais, a palavra do ser. Ontem estava sai de carro nas ruas de Brasília procurando sabe-se lá o que, andei pelas ruas, fui ao pier 21 pensei em assistir um filme, nada parecia interessante, depois pensei em ir a CCBB , mas peguei a pista errada e passei pela ponte do lago, depois fui ao pontão do lago, andei um pouco, sentei a beira do lago a água estava branda e deu para sentir aquela brisa fria do lago, os bares sem música e vazios, mistérios de sexta-feira em uma certa capital federal.                                             

Brasília é enquadrada,  por vezes extremamente solitária!  reflexiva, poética, bela, mas de uma beleza por vezes fria, ainda estou a procura ... Juliana de Freitas 
Imagem
   Abrindo a caixa!Restabelecendo velhos prazeres da escrita, Ju caixa de pandora porque a personalidade da referida escritora é bem semelhante ao velho mito da caixa da pandora, pode vir tanto deliciosas surpresas da caixa como velhas críticas, In e Yang, é o equilíbrio por horas desequilibrado do ser humano, que tem dentro de si     tanto o bem quanto o mal, que precisam ser equilibrados, esse é o exercício do viver.     Esse blog que está sendo restabelecido já foi bem pessoal, quase um diário de impressões pessoais da vida, mas no momento o objetivo é me distanciar do intimo e pessoal e me aproximar do literário, do sociológico, do filosófico, um restabelecimento do prazer de voltar a escrever, sobre vários assuntos da vida cotidiana. Reescrever alguns artigos, esquecidos na gaveta da escrivaninha, buscar novas idéias e aquelas empoeiradas  na memória daquele inteligentíssimo computador chamado mente humana. Juliana de Freitas